• Renato Del Buono

A ESCALA DE VALORES

Updated: Aug 20, 2019


"Uma vida sem busca não é digna de ser vivida", disse o filósofo grego Sócrates. Na minha busca pessoal pela felicidade descobri que ser feliz significa simplesmente viver bem consigo mesmo, amar-se incondicionalmente, sem ter nenhum comportamento que seja desaprovado por mim mesmo, independente do que os outros vão pensar ou de como vão reagir em relação às minhas ações.


Mas o que acontece é que, desde sempre, as pessoas se preocupam muito mais com as atitudes dos outros do que com suas próprias atitudes, com a reação dos outros em relação às suas atitudes. Se preocupam muito mais com a maneira com que os outros estão agindo, criticando fulano, julgando ciclano. Se preocupam com o que os outros vão pensar da maneira como elas estão agindo, como os outros vão julgá-las. E por essa razão, muitas vezes as pessoas deixam de pensar em si mesmos, sacrificando suas vidas por outros, seus momentos de lazer, seu tempo com a familia, até mesmo prejudicando sua saúde física e mental.


E você, para o que ou para quem você dá prioridade em sua vida? O que você considera ser mais importante? Sua familia? Seu trabalho? Seu hobby? Seus momentos de lazer? Ou suas conquistas e desejos materiais - dinheiro, jóias, carros, moto?


Você chegou a pensar em você? Você considerou a si mesmo como o que há de mais importante em sua vida? Tudo começa com a escala de valores, onde poucos são aqueles que se colocam em primeiro lugar ou mesmo lembram de considerar a si mesmos como prioridade.


Você já prestou atenção nas instruções que ouvimos antes da decolagem de um avião? “Em caso de despressurização, máscaras de oxigênio cairão à sua frente. Coloque a máscara primeiro em você para depois colocar em uma criança.” De que adiantaria você colocar a máscara na criança primeiro e depois desmaiar ou não estar em condições de ajudar a criança dali em diante.


É simples assim - na sua escala de valores nada pode vir primeiro a não ser você. Nada nem ninguém vem antes de você. Se você não estiver bem, você não conseguirá apoiar sua familia, você não conseguirá realizar seu trabalho, e assim por diante. Você está aqui para conhecer melhor a você mesmo, para cuidar de você, para consertar o que for que tenha que ser consertado em você. Depois vem o resto.


Precisamos, ante de mais nada, aprendermos a tomar conta de nós mesmos. Sermos psicologicamente, fisicamente e espiritualmente sadios para podermos entender a verdadeira razão de estarmos aqui. Só assim estaremos aptos a ajudarmos não só a nós mesmos, mas também aos outros.


E podemos começar ajudando os outros a entender que cada de um de nós deve se preocupar exclusivamente com nossa personagem. Cada um de nós que define qual o papel queremos representar na novela da vida. Que pode ser bem longa, só depende de nós!

© 2020 by Instituto Del Buono. Proudly created with Wix.com